30 de jan de 2018

Pontes


Semana que vem vou dar mais um giro de vários graus na minha vida e uma das coisas que vou fazer é focar em gastronomia... Bom, mas não é disso que quero falar, é da reação do meu pai. Meu pai é filósofo, introspectivo e em princípio não parecia muito animado, mas estava me apoiando.

Só que hoje ele me deu um conjunto de facas e um texto do seu autor preferido, Nietzsche. Falou que eu deveria ler de tempos em tempos... Querido!

Passo a sabedoria pra vocês:

Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida - ninguém, exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.
Onde leva? Não perguntes, segue-o!

Friedrich Nietzsche

Nenhum comentário: